América do SulChileSantiagoValparaísoViña del Mar

Valparaíso e Viña del Mar

Sábado fomos para Valparaiso e Viña del Mar. São 2 cidades litorâneas que ficam a 1 hora, mais ou menos, de Santiago.  Vamos ver o Pacífico!

Logo pela manhã fomos para a rodoviária e pegamos um ônibus até Valparaiso.

Valparaiso é uma cidade que fica em um morro, com casinhas muito coloridas. A primeira impressão é de que a cidade é uma enorme favela – casinhas simples que se espalham pelo morro. A cidade não é bonita, é muito pixada e mal conservada. Visitamos uma das casas do Pablo Neruda, e alguns pontos turísticos da cidade.

Valparaíso e Viña del Mar
Valparaíso e Viña del Mar
Valparaíso e Viña del Mar
Valparaíso e Viña del Mar
Fomos almocar em Reñaca, uma cidadezinha na frente da praia. Não conseguimos ver nada, porque tínhamos 1 hora apenas e ela se foi só no almoço. Tiramos algumas fotos na praia, mas ir para praia com 2 calças e 2 blusas não é a melhor sensação do mundo. Estava bem frio e teve uma moça  que ainda foi molhar os pés. Eu não me aventurei a experimentar as águas geladas do pacífico ainda.
Valparaíso e Viña del Mar
Depois do almoço fomos para Viña del Mar. Essa é uma cidade bem mais bonita, mais conservada, ainda que muito pixada também. Demos uma volta pelos principais pontos turísticos da cidade e depois pedimos para a guia nos deixar na praia, para andarmos um pouco mais. Uma parada em um café para tomar um chocolate e comer um pedaço de bolo e depois pegamos um taxi até a rodoviária.
Valparaíso e Viña del Mar
Valparaíso e Viña del Mar
Valparaíso e Viña del Mar
Valparaíso e Viña del Mar
Valparaíso e Viña del Mar
Valparaíso e Viña del Mar
Valparaíso e Viña del Mar

Valparaíso e Viña del Mar
Valparaíso e Viña del Mar
Valparaíso e Viña del Mar
Apaguei no caminho de volta e acordei na rodoviaria de Santiago só. A parte ruim foi atravessar a cidade de metrô e depios a caminhada de uns 15 minutos no mega frio das 10 horas da noite até em casa.
Domingo aproveitei o dia para lavar o resto das minhas meias. Essa cidade é muito poluída e as meias chegam no fim do dia pretas, além de demorarem uns 3 dias para secar!

The Author

Patricia

Patricia

Patricia é educadora de formação, marketeira de profissão e viajante por paixão. Nascida em São Paulo, já chamou de casa o Japão, a Austrália, o Chile e tem o passaporte carimbado por uma volta ao mundo. Descendente de japoneses com orgulho e ativa na comunidade nikkei, participa de projetos para divulgação do Japão e para o fortalecimento da cultura japonesa no Brasil. Está sempre em busca de boas recordações para adicioná-las à sua bagagem de memórias.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *