EdimburgoEscóciaEuropaInglaterraLondres

Reino Unido para os fãs de Harry Potter

Se você é fã de Harry Potter sabe que JK Rolling escreveu todos os livros na Escócia, mais precisamente em Edimburgo.
E como não podia ser diferente, ela se inspirou em muitas coisas da cidade para criar cada detalhe das histórias do bruxo mais conhecido dos últimos tempos.

Quem passa algum tempo na cidade garante que sempre descobrem algo novo, que seja a origem de um nome, a inspiração para a história ou para algum detalhe.

O lugar mais popular é o The Elephant House, local onde ela escreveu boa parte do primeiro livro – A Pedra Filosofal. Sempre tem um monte de turistas tirando fotos do bar e ele está sempre lotado. Existem outro lugares que ela frequentava para escrever também, a grande maioria coffee shops. Dizem que ela ia para esses lugares para diminuir os gastos com o aquecimento da sua casa, mas o que ela diz é que sair de casa era a melhor maneira de fazer seu bebê dormir. Nesta época ela era mãe solteira e tinha acabado de terminar seu primeiro casamento.

The Elephant House
The Elephant House

 

A ideia para o livro surgiu por volta de 1990, quando ela estava em um trem de Manchester para Londres, mas o livro só foi publicado em 1997, depois de ser recusado por muitas editoras. Nesse meio tempo ela se casou, teve uma filha, se separou e se mudou para Edimburgo.

Um dos fatos mais interessantes que achei foi a origem dos nomes. Imagina inventar nome para a quantidade de personagens que a história tem. Ela passou algumas vezes pelo cemitério da cidade para se inspirar e usou nome de pessoas mortas, levemente modificados. O túmulo mais fotografado do local é de Thomas Riddell, de onde veio o nome de Tom Riddle, vulgo Lord Voldemort.

Há também o túmulo de um poeta local chamado William Topaz McGonagal. Já deu para perceber de onde veio o nome da professora Minerva, né?

IMG_6948
A inspiração para o real nome de Lord Voldemort

 

Uma das escolas da cidade serviu de inspiração para Hogwarts – George Heriot’s School. Não por coincidência ela tem 4 torres, cada uma com seu grupo de alunos e cor características (as mesmas de Hogwarts). Dizem que anos atrás um senhor abriu algumas vagas para crianças pobres que não tinham condições de pagar pelos seus estudos, e assim é até hoje. Qualquer semelhança com uma escola que aceita os chamados trouxas não é por acaso.

George Heriot’s School foi a inspiração para Hogwarts
George Heriot’s School foi a inspiração para Hogwarts

 

Para saber mais detalhes de inspirações e também sobre a vida de JK Rolling há um walking tour pela cidade chamado The Potter Trail, e a melhor parte é que ele é gratuito (apenas é preciso deixar uma gorjeta no final, de acordo com o quanto você julga que o tour valeu). O guia vem vestido com uma capa de bruxo e usa vocabulários do livro (o tour é em inglês). Para mais informações acesse o site pottertrail.com.

Edimburgo tem mais coisas para os Potter-maníacos, mas se eu contar tudo aqui vai perder a graça. Deixo para vocês descobrirem por lá!

Harry Potter não está só em Edimburgo. Aproveite que está no Reino Unido e vá para Londres. Na estação de trem de King’s Cross St. Pancras fica a plataforma 9 3/4 que vai para Hogwarts. Tem um carrinho que já atravessou para o outro lado para os fãs tirarem milhares de fotos. Entrei na onda também!

Indo para Hogwarts!
Indo para Hogwarts!

 

Além disso, e Londres partem passeios para a Warner Bros chamados de “Behind-the-scenes secrets of Harry Potter film series” e você pode visitar os estúdios onde os 8 filmes foram gravados. Eu não fui nesse tour, mas deve ser demais entrar nos locais e relembrar dos filmes! Os passeios precisam  ser agendados com antecedência, sei que a Golden Tours realiza esse passeio, mas acredito que outras agências também o façam.

Está gostando desse artigo? Que tal curtir o Bagagem de Memórias no Facebook?


E você? O que viu pelo Reino Unido que lembra Harry Potter?

 

The Author

Patricia

Patricia

Patricia é educadora de formação, marketeira de profissão e viajante por paixão. Amante da natureza, de aventuras, da cultura asiática e de causas sociais, reside em São Paulo, mas já morou no Japão, na Austrália e no Chile, já deu uma volta ao mundo e está sempre em busca de boas recordações para adicioná-las à sua bagagem de memórias.

1 Comment

  1. 10/07/2014 at 20:06 — Responder

    Eu fiz um post tb falando sobre isso! http://taindopraonde.blogspot.com.br/2013/08/harry-potter-em-londres.html Adoro Harry Potter e adoro Londres!!

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *