GastronomiaSão PauloSão Paulo (SP)

Passeio gastronômico no Mercado Municipal de São Paulo

O Mercado Municipal (ou Mercadão, para os íntimos) é um ponto de parada obrigatório para quem visita São Paulo e também para quem mora por aqui. Seja para fazer compras, para almoçar ou apenas para um passeio, é um prato cheio para os amantes da gastronomia e da fotografia.

Fica localizado bem no centro da cidade e para chegar, o jeito mais fácil, barato e prático é de metrô. O Mercadão fica entre as estações Luz e São Bento. Se for de carro, há um estacionamento local e um bolsão, ambos zona azul, ou seja, permanencia máxima de 2 horas e dependendo do dia e horário que você for não é muito fácil encontrar uma vaga. Na região existem também diversos estacionamentos particulares, mas prepare o bolso: 2 horas custam cerca de 35 reais. Ou tente a sorte de achar uma vaga na rua mesmo, mas os flanelinhas estão por toda parte e vão te pedir um trocado para “cuidar” do seu carro.

O prédio tem uma arquitetura tradicional e bem bonita, com o interior cheio de vitrais coloridos. É o lugar certo para uma aventura gastronômica, já que opções não faltam por lá. Se você gosta de frutas, passe na Barraca do Juca. Os vendedores são simpáticos e vão te entupir com as frutas mais exóticas – atemóia, pitaia, rambutão, mangosteen e por ai vai (tem frutas mais “comuns” também). Vale a degustação, mesmo para quem não é muito fã de frutas (como eu), a qualidade é muito boa e dificilmente você vai achar um lugar para experimentar essa variedade sem compromisso. O lugar é turístico e os preços também, nunca imaginei pagar tão caro em frutas no Brasil (mesmo que exóticas).

2013-07-09 13.49.32

.

Não é só de frutas que vive o Mercadão. Lá você também encontra muitos de queijos finos, especiarias, carnes, bacalhau, amendoins, azeitonas, vinhos etc. E vale lembrar: alimentos não entram em outros países com facilidade, então escolha outro presente para os gringos, a não ser que eles  comam antes de sair do país.

2013-07-09 13.54.07

.

Existem vários quiosques de lanches e quitutes espalhados pelo local, além de um mezanino com restaurantes, para completar o tour gastronômico. O mezanino é bem concorrido e é difícil encontrar uma mesa vaga, principalmente nos mais famosos. O Hocca Bar é um deles – experimente o tão falado sanduíche de mortadela, o pastel de bacalhau ou o bolinho de bacalhau. O sanduíche é bem grande (dá para 2 pessoas sem problemas), o bolinho tenta enganar com esse nome, mas tem quase 10 cm de comprimento – um bolão, na verdade. O pastel tem um tamanho mais “normal”. Se não conseguir uma mesa no mezanino, procure no andar de baixo, pois eles tem mais 2 pontos de venda menores dentro do Mercadão.

2013-07-09 13.29.57

.

*Post não patrocinado. As indicações dos locais foram feitas porque gosto deles.

The Author

Patricia

Patricia

Patricia é educadora de formação, marketeira de profissão e viajante por paixão. Amante da natureza, de aventuras, da cultura asiática e de causas sociais, reside em São Paulo, mas já morou no Japão, na Austrália e no Chile, já deu uma volta ao mundo e está sempre em busca de boas recordações para adicioná-las à sua bagagem de memórias.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *