ÁsiaChinaHong Kong

The Peak, o ponto mais alto de Hong Kong

Hong Kong tem uma boa opção de coisas para fazer, mas dizem que se você só tiver um dia e precisar escolher para onde ir, você deve ir ao o The Peak, também conhecido como Victoria Peak. Lá fica o ponto mais alto da cidade e realmente é um lugar que vale a visita.

A vista é de tirar o fôlego. Toda a baía de Hong Kong e todos os seus prédios te dão a dimensão da cidade, que tem uma das maiores densidades populacionais do mundo.

O acesso ao The Peak é bem fácil e dá para ir de transporte público tranquilamente. A dica é adquirir um Octopus Card, um cartão que pode ser usado no metrô, ônibus, ferries e até para fazer compras em alguns locais. Ele custa HKD 150 (mais ou menos $20), vem com HKD 100 de crédito e quando sair de Hong Kong você pode devolvê-lo e pegar HKD 30 de volta.

A estação de metrô mais próxima é a Central, que fica na Tsuen Wan Line (vermelha) ou na Island Line (azul escura), mas recomendo que você desça uma estação antes, na Admiralty, procure a saída para o Hong Kong Park e entre nele. O parque é pequeno, mas vale conhecê-lo. É bem cuidado e bem sinalizado, com um lago super bonito, algumas fontes, um jardim de tai chi chuan e até um viveiro de pássaros (entrada grátis). Não é difícil ver noivas por lá tirando fotos e há uma área do parque exatamente para isso. Durante o passeio, procure as placas que indicam “Peak Tram”.

Hong Kong Park

 

Existem alguns pacotes a venda que combinam o tram (ida e volta) com acesso ao Sky Terrace, com jantar ou com o museu de cera Madame Tussauds (sim, ele também está em HK!). Para mais informações acesse o site The Peak. O bilhete mais simples que inclui apenas ida e volta no tram custa HKD 40 (28 ida + 12 volta), esse valor pode ser pago com o Octopus Card com a vantagem de não precisar pegar a fila (só garanta que você tem crédito suficiente).

A subida é rápida e não tem nada de mais, para falar a verdade. Se quiser economizar dá para subir de ônibus, basta procurar pelo 15, ou a pé. Mais informações aqui.

Tram Station

 

O desembarque do tram é em uma loja de souvenirs. Eu tive a impressão de ter descido no lugar errado, mas é isso mesmo. Lugares para compras não faltam no The Peak (assim como em toda Hong Kong). Deixe as compras para mais tarde e saia para ver o que o local oferece de melhor: a vista.

Pontos de observação estão aos montes por lá! O mais famoso é o Sky Terrace 428, o ponto mais alto da cidade, a 428m acima do nível do mar. A entrada é paga e deve ser comprada na bilheteria do tram, antes de subir. Eu não fui nesse ponto e não me arrependo, pois existem vários lugares grátis com a mesma vista (ok, você estará talvez uns 20m mais baixo, mas garanto que isso não fará muita diferença). Um deles é no terraço de um shopping ao lado do Sky Terrace.

Outro lugar que vale a pena é o Lions View Point Pavilion, que fica há uma caminhada de uns 5 ou 10 minutos da estação de tram. Caminhando pela Lugard Road você também encontra ótimos locais para fotos e para apreciar a paisagem e isso vai exigir apenas 20 ou 30 minutos das suas pernas em uma trilha fácil.

Lions View Point Pavilion

 

Opções de trilhas não faltam e se você tiver disposição para andar por 2 ou 3 horas pode chegar a diferentes pontos para uma bela foto. Só se prepare para o calor!

E se mesmo sem trilhas o calor estiver te torturando, escolha um dos shoppings e entre apenas para aproveitar o ar condicionado (eu geralmente faço isso!). Também dá para comer algo ou tomar um sorvete. Se quiser fazer compras, aproveite também, mas como é um lugar turístico acredito que os preços não sejam dos melhores. Vale pechinchar!

Está gostando desse artigo? Que tal curtir o Bagagem de Memórias no Facebook?


A vista do The Peak

 

The Author

Patricia

Patricia

Patricia é educadora de formação, marketeira de profissão e viajante por paixão. Amante da natureza, de aventuras, da cultura asiática e de causas sociais, reside em São Paulo, mas já morou no Japão, na Austrália e no Chile, já deu uma volta ao mundo e está sempre em busca de boas recordações para adicioná-las à sua bagagem de memórias.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *