Rio de JaneiroRio de Janeiro (RJ)

O cartão postal do Brasil

Qual a imagem que vem a sua cabeça quando se fala do Brasil? Futebol? Samba? O Brasil está em alta, principalmente com Copa do Mundo e Olimpíadas se aproximando, e com certeza o cartão postal do país é o Rio de Janeiro, especificamente Cristo Redentor e Pão de Açúcar.

Estava cansada de ouvir comentários de gringos do tipo “Você mora no Brasil e nunca foi no Pão de Açúcar?” ou “Não acredito que você nunca foi ao carnaval do Rio”. Pois é, quanto mais perto e mais fácil, acho que menos a gente se esforça pra fazer. Os motivos para esses comentários só acabaram quando uma amiga minha atravessou o mundo para conhecer o Brasil e eu fui viajar com ela para fazer programa de turista. O Rio estava entre eles.

.

O CRISTO

O caos que aconteceu recentemente, no feriado de Corpus Christi, não é de hoje. Filas enormes e muito tempo de espera para chegar aos pés do monumento mais famoso do país não são muita novidade. A visita vale a pena, mas programe-se antes de ir. Eu fui, provavelmente, na época mais cheia de turistas – no meio do carnaval. Um taxista já tinha me avisado que era bom chegar cedo para evitar as filas e a muvuca, mas fui perto da hora do almoço.

Existem duas formas para subir. A mais procurada é com o trenzinho. Obviamente, não consegui. A fila para comprar o ingresso não estava grande, mas só conseguiria embarcar com 4 horas de espera. Saindo da bilheteria, fui abordada por pessoas oferecendo a subida com vans. Esta é a segunda forma de subir, menos charmosa, de fato, mas que funciona com mais agilidade. As vans saem de um ponto bem próximo à bilheteria e sobem até um local onde é preciso pegar uma fila para comprar o ingresso. Há outra fila para pegar uma segunda van que te deixa praticamente aos pés do Cristo, basta subir alguns lances de escada. Todas tem ar condicionado e são uma boa pedida para o calor insuportável que só o Rio tem.

Lá em cima tem algumas lojas de souvenirs e um espaço concorrido (e não muito grande) para tirar fotos, principalmente no meio de tantas pessoas. A principal atração é a estátua em si, mas não deixe de apreciar a paisagem. O lugar é privilegiado!

IMG_2525

Atenção: o sistema de ingressos mudou e agora eles não são mais vendidos na bilheteria. É preciso comprar antecipadamente pela internet ou em locais autorizados. Informe-se antes de chegar lá!

.

O PÀO DE AÇÚCAR

Se você estiver com o tempo apertado e precisar escolher entre um ou outro, sugiro que vá ao Pão de Açúcar. O local é maior, a estrutura melhor e mais organizada e ainda acho a vista mais bonita. A subida é feita por bondinho em duas etapas. A primeira para no Morro da Urca, onde há lanchonetes, uma exposição de bondinhos antigos e um pequeno museu. É claro, nesse ponto também fica a estação para o próximo bondinho.

Está gostando desse artigo? Que tal curtir o Bagagem de Memórias no Facebook?


IMG_2537

Um segundo bondinho te leva até o topo do Pão de Açúcar. Aqui você encontra lojas de souvenirs super caras e uma lanchonete, mas o lugar mais disputado são os parapeitos com as melhores visões. Daqui é possível entender porque o Rio tem o título de cidade maravilhosa! Vá no final da tarde para ver o entardecer, a vista a noite é ainda mais bonita, na minha opinião.

IMG_2550

IMG_2552

The Author

Patricia

Patricia

Patricia é educadora de formação, marketeira de profissão e viajante por paixão. Amante da natureza, de aventuras, da cultura asiática e de causas sociais, reside em São Paulo, mas já morou no Japão, na Austrália e no Chile, já deu uma volta ao mundo e está sempre em busca de boas recordações para adicioná-las à sua bagagem de memórias.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *