América do NorteEstados UnidosNova York

Nova York (quase) de graça

Nova York é uma das cidades mais conhecidas e visitadas do mundo, isso não é segredo para ninguém. É também um enorme centro financeiro e comercial, cheio de pontos turísticos, locais para compras, restaurantes para todos os gostos, cenários de filmes e por aí vai….

Tudo isso junto e mais outras coisas, tornam Nova York um destino um pouco caro, mas é possível fazer muita coisa na cidade gastando pouco e existem vários programas que são de graça. É claro que fazer compras não está nesse pacote (mesmo concordando que comprar em NY vale muito mais a pena que comprar no Brasil).

O primeiro ponto é: aprenda a usar o metrô, com ele você vai para qualquer canto da cidade e cada viagem custa $2,50. Ok, não é lá muito barato (são cerca de R$ 6,00, quando o metrô de São Paulo é R$ 3,00), mas garanto que será mais em conta que andar nos famosos taxis amarelos. Para distâncias mais curtas prepare-se para andar mesmo, mas alguns lugares você vai depender do metrô. Se for ficar na cidade pelo menos 5 dias, vale comprar um bilhete que vale pela semana. Ele custa 30 dólares e você pode usar o metrô ilimitadamente durante 7 dias. Para quem fica pouco tempo, vale comprar o que coloca créditos e ir carregando a medida que for necessário.

Antes de sair entrando na primeira estação que ver na rua, estude o caminho. Tem muitas estações próximas em linhas diferentes e elas têm poucos pontos de conexão, ou seja, as vezes vale mais andar um ou dois quarteirões para pegar a linha certa que ficar procurando onde baldear. Tem entradas que dão acesso apenas para um sentido da linha, então preste atenção antes de entrar também, ou vai ter que sair e pagar a passagem de novo para ir para o lado certo.

No site do metrô – www.mta.info – é possível baixar o mapa com todas as linhas, assim como fazer o planejamento das viagens (ele já traz a informação de que linhas pegar, onde baldear, horários e preços). Dica: baixe o mapa e salve no seu smartphone, assim você poderá consultar sempre que precisar, mesmo offline.

Linhas de metrô de Nova York
Linhas de metrô de Nova York

 

A cidade está cheia de parques e eles são todos de graça! O Central Park é claro que é o mais conhecido e é gigante, dá para passar pelo menos metade de um dia por lá (ou um dia inteiro, dependendo do que fizer). Você pode fazer o passeio por conta, mas garanta um mapa para chegar nas atrações, pois o parque não é sinalizado e se perder lá dentro é muito fácil (a não ser que queira andar sem rumo mesmo, ai não tem problema). Os guias (aqueles livros impressos mesmo) costumam ter um roteiro guiado e também já ouvi falar de um audioguide gratuito que você baixa no seu celular e te dá as explicações de cada ponto. Outra opção é fazer um free walking tour (a Free Tours by Foot também tem do Central Park e outras opções), que será um passeio a pé, em grupo, com guia (e as explicações) e gratuito, no fim você deixa uma gorjeta de quanto acha que o tour valeu para o guia.

Dentre os pontos famosos no Central Park estão o Strawberry Fields, a estátua da Alice in Wonderland, Belvedere Castle, Bathesda Fountain, Conservatory Water etc. Ainda vale tomar sol na grama (no calor, é lógico!), caminhar e apreciar a paisagem do parque que é lindo e super bem conservado. Não é difícil encontrar apresentações musicais e teatros gratuitos por lá também.

Dentre as opções pagas do parque está o zoológico, aquele do filme Madagascar. A entrada custa 12 dólares, o que não é nenhum mega absurdo, mas o zoo é pequeno e em uma ou duas horas você conhece tudo. O famoso relógio fica fora do zoo e de hora em hora ele toca música e as estátuas de bichinhos giram. Também dá para fazer passeios de barco e de charrete, mas esses são mais salgados.

Perto do parque também ficam os museus Metropolitan, Guggenhein e o de História Natural. Eles são pagos, mas alguns no esquema pague o quanto quiser.

Tem um restaurante no parque, mas não sei dizer o preço, pois não fui nele. Se bater a fome, tem vários carrinhos de hot dog que custam cerca de $3,00. É apenas pão, salsicha e catchup (os hot dogs brasileiros dão um show neles), mas são os tradicionais hot dogs do Central Park.

Bathesda Fountain
Bathesda Fountain

 

Outro parque da cidade é o High Line, que foi construído em uma linha de trem desativada. Ele é conservado pelos “Friends of Higl Line”, abre todos os dias das 7h às 11h e a entrada é gratuita. O parque é suspenso, mas há escadas em vários pontos para o acesso, vale começar por uma das pontas e caminhar até o final. O High Line começa na Gansevoort St. e termina na West 30th St.

Está gostando desse artigo? Que tal curtir o Bagagem de Memórias no Facebook?


Esse nem se compara ao tamanho do Central Park, nem em quantidade de atrações, mas é um lugar bem agradável para caminhar, com um jardim muito bem cuidado e estrutura em expansão. Mais ou menos no centro dele fica uma praça de alimentação com sovertes e sanduíches, além de alguns artesanatos.

High Line Park
High Line Park

 

Há dois ícones que marcam Nova York: Times Square e a Estátua da Liberdade. A Times Square é um grande cruzamento de algumas ruas e bem conhecido por seus inúmeros luminosos, ou seja, fica na rua e não precisa pagar nada para estar por lá. Uma vez na região, aproveite para entrar nas famosas lojas que estão por perto – Toys R Us, a loja de brinquedos, ou a loja de M&M’s são apenas duas das opções. Essas lojas são atrações a parte, todas decoradas e com bonecos enormes.

Já para visitar a Estátua da Liberdade a opção é o ferry grátis que vai para Staten Island e passa na frente dela (mas não para na ilha). Dá para ver a estátua e tirar fotos, é claro que será uma passagem rápida e não tão de perto assim, mas não é nada ruim para um passeio grátis. O ferry parte do Whitehall Terminal, que fica na estação South Ferry, a última da linha 1 vermelha. O passeio dura cerca de 25 minutos e depois é só pegar o mesmo ferry para voltar. Além da estátua, vale apreciar as pontes e os prédios de Manhattan.

Há passeios que passam mais próximos e inclusive param na ilha para que os turistas subam na famosa estátua (obviamente estes não são grátis).

Estátua da Liberdade
Estátua da Liberdade vista do Staten Island Ferry

 

Outro local em que a visita é gratuita é o Memorial 9/11, construído anos após a queda das torres gêmeas do WTC. No lugar de cada torre foi feita uma fonte enorme (também gêmeas) e ao redor de cada uma estão os nomes das pessoas que morreram no atentado. Há também um museu no local, mas o ingresso custa 24 dólares.

A Grand Central Station é uma estação de trem e metrô gigante com várias lojas, restaurantes e quiosques de comidas. Só a arquitetura do local vale a visita. Dica: tem uma loja da Apple lá dentro e ela é bem menos cheia que a loja cubo, além disso, ela tem wifi aberto para quem precisa se conectar durante a viagem.

Grand Central Station
Grand Central Station

 

Viu como dá para se divertir gastando pouco em Nova York?
Tem mais dicas? Deixe aqui nos comentários. 

 

The Author

Patricia

Patricia

Patricia é educadora de formação, marketeira de profissão e viajante por paixão. Amante da natureza, de aventuras, da cultura asiática e de causas sociais, reside em São Paulo, mas já morou no Japão, na Austrália e no Chile, já deu uma volta ao mundo e está sempre em busca de boas recordações para adicioná-las à sua bagagem de memórias.

4 Comments

  1. Camila Tami
    05/10/2015 at 23:14 — Responder

    Vale lembrar que os metrôs em NY possuem as linhas expressas e as comuns. Se você sabe em que estação vai descer, e a linha expressa pára nessa estação, então vale a pena pegar essa linha que vai mais rápida, pois ela não pára em todas as estações. Caso ao contrário, fique atento e pegue a linha comum mesmo.

  2. Camila Tami
    05/10/2015 at 23:19 — Responder

    Ahh! E se quiser assistir a um musical, lá em Times Square, tem um balcão da TKTS que vende ingressos, e se você tiver sorte, você pode comprar o ingresso do show que você quiser assistir no próprio dia e pode ganhar desconto que chega a ser de até 50%.

    • 08/10/2015 at 17:17 — Responder

      Assistir um musical na Broadway é algo que todos deviam fazer uma vez na vida. Um descontinho é sempre bem-vindo! =]

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *