América do SulArgentinaChilePunta ArenasUshuaia

De Ushuaia a Punta Arenas

Tchau Ushuaia! Essa cidadezinha simpática, tranquila e segura ficou para trás. Dizem que Ushuaia é um bom lugar para compras, por ser zona franca. Não achei! Os preços não são muito diferentes dos do Brasil, com exceção dos alcoólicos (37 dólares o Black Label, 11 dólares uma Absolut). Mas não comprei nenhuma garrafa, apesar de barato, elas são pesadas e não quero esse peso nas minhas costas pelos próximos 10 dias.

Espero que a música do Michel Teló tenha ficado para trás também. Ouvi esse “Ai se eu te pego” todos os dias! As pessoas cantam junto (e não são brasileiras).

Arrumei todas as minhas coisas a noite e tentei dormir o mais tarde possível para acordar as 5h30 (queria dormir pouco propositalmente). Os dias aqui são eternos! Começa a escurecer as 10h30 da noite e as 5h30 já está totalmente claro. Isso foi bom, porque não queria andar até o ponto do ônibus no escuro.

Fiz o check out e caminhei com minhas malas até lá. Foram uns 3 quarteirões apenas. Cheguei e tinha um casal de japoneses só, mas logo depois começou a chegar um monte de gente.
 
Foi uma viagem um tanto quanto desconfortável! Como peguei um dos 2 últimos lugares que tinham no ônibus, logo se deduz que fiquei com um dos 2 piores. Era aquela última cadeira, aquela que não tem espaço para reclinar e é na porta do banheiro. Em menos de 1h de viagem aquele cheiro horrível começou a me deixar enjoada e dormi o máximo que consegui (exatamente por isso que queria dormir pouco na noite anterior).
 
Depois de umas 3h chegamos na aduana argentina. Foram umas 2h30 entre sair da Argentina e entrar no Chile. Carimbar passaportes, inspeção de malas etc. Mais umas 3h e chegamos no Estreito de Magalhães e cruzamos de balsa. Essa foi a melhor parte da viagem, a balsa foi seguida por golfinhos o tempo todo e eu não estava na porta do banheiro! Pena que foi rápido, cerca de meia hora. Mais umas 3h e cheguei em Punta Arenas, depois de umas 12h de viagem cheirando banheiro.
Golfinhos no Estreito de Magalhães
O hostel que tinha reservado ficava apenas uma quadra do ponto do ônibus! Um gasto a menos. A primeira coisa que fiz foi tomar um banho para tirar esse cheiro de banheiro, que parece que ficou impregnado em mim!.
 
Fiz minha reserva para o passeio de amanhã. Vou ver pinguins! E preciso comprar também minha próxima passagem de ônibus (essa dura apenas 3h, e tem várias opções de horários. Espero não ficar na porta do banheiro de novo).

The Author

Patricia

Patricia

Patricia é educadora de formação, marketeira de profissão e viajante por paixão. Nascida em São Paulo, já chamou de casa o Japão, a Austrália, o Chile e tem o passaporte carimbado por uma volta ao mundo. Descendente de japoneses com orgulho e ativa na comunidade nikkei, participa de projetos para divulgação do Japão e para o fortalecimento da cultura japonesa no Brasil. Está sempre em busca de boas recordações para adicioná-las à sua bagagem de memórias.

2 Comments

  1. Nathalia Rampini de Queiroz
    14/06/2015 at 20:42 — Responder

    Olá, você lembra o nome da empresa por onde fez a viagem de Ushuaia a Punta Arenas?
    Obrigada!
    Nathalia

    • 15/06/2015 at 10:59 — Responder

      Olá Nathalia!

      Resgatei minhas anotações e acredito que foi a Buses Pacheco. Eles não têm saídas todos os dias, então atente-se a isso na hora do planejamento.
      Se for em alta temporada, recomendo comprar a passagem com uma certa antecedência. Eu fui atrás uns 2 dias antes e por pouco não tenho que mudar meus planos.
      Outra opção é a Buses Barria, que tem saída em outros dias.

      A Patagônia é linda! Bom planejamento e boa viagem!

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *