AustráliaOceaniaSydney

Carona??

bado eu estava para sair de casa quando recebi um telefonema e acabei me atrasando. Cheguei no ponto 5 minutos atrasada e perdi o ônibus, então decidi ir andando, pra variar. O problema é que eu ia perder o horario do ferry também, e ia me atrasar para encontrar minhas amigas na city.
 
Estava andando quando escutei alguém falando comigo, uma senhora dentro do carro. Achei que ela estava pedindo alguma informação, e ela me pergunta: “você está indo pra Manly?” Como ela sabia? E ela continuou: “eu estou indo para o mercado lá, se você quiser eu te dou uma carona.” Estranho, né? Nunca tinha visto ela na minha vida, e minha mãe me ensinou a não aceitar carona de estranhos.
 
Ela deve ter percebido que fiquei meio desconfiada: “Não se preocupe, eu prometo que não vou te sequestrar!” Mesmo achando tudo muito estranho, essa era a solução para o meu atraso também! Acabei aceitando, e fui conversando com ela. Era uma senhorinha simpática, disse que sempre foi motorista dos filhos e agora eles não moram mais com ela. Como ela sente falta de levar as pessoas pra outros lugares sai oferecendo carona na rua! (Cada louco com suas manias, né?) Disse também que o marido dela faleceu há alguns anos. Na verdade, acho que ela se sente sozinha.
 
Falei para ela que estava lá para estudar e no momento estava em busca de um lugar para morar. Ela disse que se eu não achar, eu posso morar com ela até eu achar um lugar pra ficar, ou se quiser ficar morando lá por quanto tempo eu quiser, também posso! (será que é normal sair oferecendo a própria casa para desconhecidos?). Acho que vou passar na casa dela pra falar com ela de novo! Só não lembro o nome dela, e nem exatamente onde ela mora. Sei que é uma casa laranja e que ela tem 2 cachorros. Vou bater em todas as casas laranjas que eu achar pelo caminho…
 
Aliás, continuo sem casa pra morar e tenho que sair da casa que eu estou nessa sexta! A família disse que eu tenho que engordar 10 kg, senão vão achar que eu não gostei da comida, e antes de eu sair tenho que cantar uma musica brasileira. Eles vão filmar pra guardar como recordação, e se eu não cantar, vão pegar meu passaporte e eu não vou poder voltar pro Brasil! Não sei que música eu escolho!
 
 
CURIOSIDADE DO DIA: por aqui em Manly, na praia e nas redondezas tem um pássaro diferente, mas familiar. Sabia que já tinha visto em algum lugar, mas não sei exatamente onde. Conversando com minha amiga eu lembrei que vi no filme “Procurando Nemo”. Aqueles que ficavam falando: Mine! Mine! Mine! É igualzinho do desenho, barulhentos, famintos e burros do mesmo jeito.
 
Pássaros barulhentos da Austrália
 

The Author

Patricia

Patricia

Patricia é educadora de formação, marketeira de profissão e viajante por paixão. Amante da natureza, de aventuras, da cultura asiática e de causas sociais, reside em São Paulo, mas já morou no Japão, na Austrália e no Chile, já deu uma volta ao mundo e está sempre em busca de boas recordações para adicioná-las à sua bagagem de memórias.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *