AustráliaOceaniaSydney

Bushwalk

Ontem foi um dia um pouco diferente. Não tava sol, tava meio nublado, mas tava calor. Uns 31 ou 32 graus. Fui fazer uma caminhada (bushwalk), afinal, fazia tempo q eu nao andava.
Andamos de Manly até Spit Bridge. Foi uma caminhada de uns 10 km, que levou quase 4 horas. Foi bom, mas o dia podia estar mais ensolarado e menos quente, e as paisagens iam ser mais bonitas. As vistas eram boas, mas o dia não ajudou muito. Andamos por uns caminhos asfaltados, por uns de terra, pela praia, pelas pedras, pela grama, subimos e descemos um monte de escadas. Paramos na praia e teve um pessoal que foi até nadar, mas ninguém me avisou que ia ter uma parada na praia, então fui desprevinida e com roupas inapropriadas. A água estava muito gelada, de qualquer jeito!
 
Ontem foi o dia do ataque dos mosquitos. Insuportável! O mais engraçado é ver as pessoas andando abanando a cara. Parece até o cumprimento daqui. Disseram que a primavera é assim, e depois de dezembro melhora. E que dezembro aqui faz um calor insuportável! Pensei em ficar o dia inteiro na praia e na água, mas no verão tem muita água-viva na praia!
 
 
CURIOSIDADE DO DIA: descobri que aqui existe Burger King, mas tem outro nome. Suspeitei desde o principio, porque os sanduíches tem o mesmo nome, e gosto parecido. A primeira vez que fui lá lembrei imediatamente do BK.
 
Semana passada eu perguntei se tinha alguma relação, e eles confirmaram ser a mesma coisa, mas aqui eles não podem usar o mesmo nome porque já tinha alguém usando. Eles mudaram o nome, mas os produtos são os mesmos. Aqui chama HUNGRY’S JACKS.
 
E o melhor de tudo: a casquinha custa apenas 30 centavos! Meus problemas com sorvete estão resolvidos!
A casquinha no Mc é mais cara, 50 centavos. Porque no Brasil não é assim?

The Author

Patricia

Patricia

Patricia é educadora de formação, marketeira de profissão e viajante por paixão. Nascida em São Paulo, já chamou de casa o Japão, a Austrália, o Chile e tem o passaporte carimbado por uma volta ao mundo. Descendente de japoneses com orgulho e ativa na comunidade nikkei, participa de projetos para divulgação do Japão e para o fortalecimento da cultura japonesa no Brasil. Está sempre em busca de boas recordações para adicioná-las à sua bagagem de memórias.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *