América do SulLimaPeru

Back to Lima

O último dia em Lima foi bem produtivo! Sai para dar uma volta e descobri que estava tendo um festival – Festividad de la Peruanidad en Miraflores, ou seja, tumulto nas ruas! Dentre outras coisas, tinha uma competição das bandas das escolas locais. Coincidencia ou não, bem na hora que eu estava passando, quem estava se apresentando era a escola Marcelino Champagnat. Os Maristas me perseguem até no Peru! 
Ia fazer o passeio por Lima naquele ônibus vermelho, mas devido a festa, o tour não estava acontecendo, então apelei para o plano B: fui até o Larcoar Shopping (aquele debaixo da praça), onde tinha uma agência de turismo. Acabei andando mais e pagando bem mais caro, mas valeu a pena, o tour foi ótimo! Com exceção da demora para eles me pegarem no hotel, já que o trânsito estava horrível e eles não conseguiam chegar porque as ruas estavam fechadas (olha esse festival me atrapalhando de novo!) 

Fomos conhecer o centro de Lima. O ponto marcante foi a Igreja de São Francisco, que se divide em 4 partes: a Igreja, monastério, museu e catacumbas. Demos uma volta rápida na igreja e no museu e nas catacumbas. Foi interessante, mas é um lugar horrível! Jamais entraria sozinha naquele lugar. Escuro, corredores estreitos, teto baixo (eu com minha super altura estava a 1 palmo de bater a cabeça no teto), portas menores ainda (tinha que me dobrar no meio para passar) e muitos muitos muitos ossos humanos por todos os lados. Valeu a experiência!
Back to Lima
Back to Lima

Back to Lima

Back to Lima

Ainda passei no mercado índio, uma mega feira de artesanato, souvenirs, e outras coisas, nada diferente do que já tinha visto nos outros lugares. E numa mega loja de tudo, que estava em promoção (não vi tudo, só o que tinha 50% de desconto, e não eram poucas coisas). Depois voltei para o hostel, e fui para o aeroporto junto com um casal que ia embora um pouco antes de mim.
 
Longas 5 horas vagando pelo aeroporto para poder embarcar, e quando finalmente sai da fila onde eles checaram meu passaporte e passagem eu entrei em um ônibus! OMG! A viagem de volta para o Brasil de ônibus não estava prevista nos meus planos! Para minha sorte esperamos uns 10 minutos até o ônibus encher, para fazermos uma viagem de 10 segundos até o avião. A viagem foi tranquila, tirando as 4 crianças que estavam atrás de mim e se revezaram para conseguirem chorar todos os minutos das 5 horas de vôo.
Voltar pra casa é sempre bom né! (estou escrevendo do meu quarto de verdade). O problema é desfazer as malas, mas dessa vez não foi tão difícil. Só coloquei a mala inteira para lavar, espero que minhas roupas voltem para a cor original, principalmente as brancas que viraram cor de sujas.

The Author

Patricia

Patricia

Patricia é educadora de formação, marketeira de profissão e viajante por paixão. Amante da natureza, de aventuras, da cultura asiática e de causas sociais, reside em São Paulo, mas já morou no Japão, na Austrália e no Chile, já deu uma volta ao mundo e está sempre em busca de boas recordações para adicioná-las à sua bagagem de memórias.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *