AustráliaOceaniaSydney

Aniversário de Manly

bado fui no 150º aniversario de Manly. Foi legal e andei muito, pra variar. Várias apresentações e exposições, um barco velho que parecia de piratas. Teve algumas apresentações de dança, acho que das escolas da região e academias. Teve uma apresentação de capoeira! Um grupo de capoeira aqui, original do Brasil, mas que esta espalhado pelo mundo. Nunca imaginei que eu fosse ver capoeira por aqui.
Vi alguns animais típicos: um koala e um baby canguru de apenas 7 meses… soooo cute!
E para encerrar, um show de fogos de artifício.
Koala no 150º Aniversário de Manly
 
Depois fui jantar com o pessoal que estava comigo, e ficamos conversando ate umas 11h30. Fomos para o ponto de ônibus, porque o horario do onibus era 11h45, mas o ônibus não passou… Acabei pegando o outro que era só 12h45 (e por acaso era o último) e cheguei em casa tarde. Estava muito escuro e eu não enxergava nada, foi tão difícil colocar a chave no buraco da fechadura!
 
Domingo a noite minhas queridas irmazinhas resolveram brincar de salão de beleza, e adivinhem quem foi a cobaia delas? Ganhei maquiagem, penteado e unhas pintadas, uma mão de roxo e a outra de rosa (por uma criança de 6 anos) e elas falaram que eu tinha que ir daquele jeito pra escola!
 
 
CURIOSIDADE DO DIA: os australianos se preocupam muito com o meio ambiente, e a reciclagem de lixo aqui funciona! Em casa tem 3 lixos só na cozinha: um só pra frutas e vegetais, outro para restos de comida e outro pra embalagens.
 
Tem um dia da semana certo que o caminhão de lixo passa e todas as casas colocam os lixos (todos padronizados, com o número da casa) na rua. Aqui nao tem lixeiros que ficam correndo jogando o lixo dentro do caminhão. Falaram que é um robô que faz isso! Mas eu nunca vi.
 
Até na praia não tem lixo na areia! E nem tem cesto de lixo na praia. As pessoas precisam sair da praia para jogar o lixo no lixo (e elas vão!). E também não tem um monte de barracas e ambulantes igual no Brasil. Só areia. Quer comer alguma coisa? Atravesse a rua e vá até um restaurante comprar!

The Author

Patricia

Patricia

Patricia é educadora de formação, marketeira de profissão e viajante por paixão. Nascida em São Paulo, já chamou de casa o Japão, a Austrália, o Chile e tem o passaporte carimbado por uma volta ao mundo. Descendente de japoneses com orgulho e ativa na comunidade nikkei, participa de projetos para divulgação do Japão e para o fortalecimento da cultura japonesa no Brasil. Está sempre em busca de boas recordações para adicioná-las à sua bagagem de memórias.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *