AustráliaOceaniaSydney

Animais australianos

Ontem uma das aulas foi no aquário para assistir um “show” chamado Australian Dangerous Animals. A Austrália é conhecida pelos seus animais “perigosos”, mas ainda estou conseguindo sobreviver.
Existem mais de 200 especies de tubarões aqui, mas só 4 ou 5 são perigosas pros humanos. Mas como saber? O que fazer se aparecer um tubarão? Olhe os dentes, se forem pequenos e finos, não se preocupe pois esses podem morder mas não mastigar, e só comem coisas pequenas (é como comer carne com 2 garfos), mas se os dentes forem de forma triangular, é bom começar a nadar… e bem rápido! Ou torça para esse ter escoliose, e pois esses nadam bem mais devagar que os outros.
 
As fêmeas tem 2 úteros, e em cada um deles tem uns 7 ou 8 babies. Durante a gestação, que dura 14 meses, eles se matam! Um come o outro e no final nasce apenas1 por útero (e depois falam que não são perigosos!). Ou seja, não existem tubarões gêmeos.
 
Vi a aranha mais venenosa do mundo. Chama funnelweb (eu acho). Após a picada as pessoas tem 1 hora de vida (o que você faria para aproveitar sua última hora de vida?), mas se a região picada for enfaixada, a circulação sanguínea diminui e o tempo de vida passa para até 20 horas! Isso é uma boa dica, assim você terá tempo para fazer muito mais coisas, mas aconselho ir para o hospital como primeira delas.
 
Uma aranha venenosa comum na Austrália chama redback. É comum encontrá-las dentro de casa, nos sapatos ou nas toalhas do banheiro. Ainda não tive nenhum encontro com elas, só com baratas! Aqui é o país das baratas, não só dentro de casa, mas também passeando pelas ruas. E das moscas chatas e insuportáveis!
 
O maior crocodilo do mundo tinha (ou tem, não sei se esta vivo ainda) 7,2m. A Austrália possui água-vivas tão venenosas que podem matar também.
 
E qual o animal que provoca mais mortes (de pessoas) no país? Pensem bem antes de responder. Por mais incrível que pareça, esse cruel animal se chama: cavalo.
 
 
Depois de um post só de curiosidades, sem curiosidade do dia dessa vez.

The Author

Patricia

Patricia

Patricia é educadora de formação, marketeira de profissão e viajante por paixão. Nascida em São Paulo, já chamou de casa o Japão, a Austrália, o Chile e tem o passaporte carimbado por uma volta ao mundo. Descendente de japoneses com orgulho e ativa na comunidade nikkei, participa de projetos para divulgação do Japão e para o fortalecimento da cultura japonesa no Brasil. Está sempre em busca de boas recordações para adicioná-las à sua bagagem de memórias.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *